Programa do DHS ‘Viva em Forma’ acompanha pacientes que querem emagrecer

Por Redação 16/05/2017 - 11:37 hs
Foto: Comunicação Social

Iniciado no dia 5 de abril, o programa “Viva em Forma” coordenado pelo Departamento de Higiene e Saúde (DHS) de Pompeia, já conta com 54 participantes e segue em ritmo acelerado com a proposta de auxiliar pessoas que estão acima do peso a conquistarem uma vida mais saudável por meio de atividades físicas orientadas, reeducação alimentar, controle da ansiedade e outras medidas.

O programa está agora em sua fase de grupos, voltada a orientações e intervenções de psicólogos e nutricionistas que abordam os temas da alimentação balanceada e da prática de atividades físicas regulares. Por meio de rodas de conversas, os profissionais discutem as principais dificuldades enfrentadas pelos participantes como, falta de tempo, ansiedade, baixa autoestima, consumo de alimentos calóricos, fator genético, falta de auto controle ou motivação para mudar o estilo de vida.

Segundo a psicóloga Aline Valoto, a obesidade é fator de risco para uma série de doenças, como hipertensão, problemas cardiovasculares, diabetes tipo 2, etc. “São muitas as causas da obesidade e muitos os problemas de saúde que ela pode acarretar. O excesso de peso pode estar ligado tanto a maus hábitos alimentares ou a falta de atividade física. Por isso, todos que estão aqui buscam essa mudança de estilo de vida, e isso vai depender primeiramente deles”, disse.

Os participantes vêm sendo acompanhados e submetidos a avaliação constante dos profissionais envolvidos no programa. Na próxima etapa do programa terão início as atividades físicas. Somente após todo este processo seguido à risca, serão classificados os que terão indicação para cirúrgica bariátrica.