Cursos do Fundo Social e Cras de Herculândia atendem 273 alunos

Por Ricardo Martins 02/06/2017 - 11:58 hs

A presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira dama de Herculândia, Giani Alessandra Pereira, divulgou na semana passada que pelo menos 273 pessoas estão sendo atendidas pelos cursos de capacitação para o mercado de trabalho, mantidos em parceria com o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) neste primeiro semestre de 2017.

Um desses cursos é o de Penteado e Maquilagem, que está sendo ministrado no Centro Comunitário do Jardim Bandeirante, ás segunda-feira, em três períodos.

Um dos mais abrangentes é o curso de capacitação em Culinária e Panificação, com turmas na cidade, no Distrito de Juliânia e bairro Marcos Oito. Segundo Giani, as aulas acontecem toda terça-feira na Cozinha Experimental do Fundo Social; as quartas no Centro Comunitário do conjunto habitacional Contador David Jorge, chamado Herculândia C e as quintas-feiras, no Marco Oito e em Juliânia.

O terceiro curso em andamento é o de Pintura em Tecido, ministrado em vários dias da semana na sede do Cras e no Herculândia C.

Há ainda várias turmas do curso de iniciação e aperfeiçoamento em crochê que acontecem em dias e horários variados na Casa da Cultura.

Capacitação
Giani explicou que os curso oferecidos visam oferecer às participantes capacitação e conhecimento para o mercado de trabalho e geração de renda. “O conhecimento ensinado nesses cursos possibilita às participantes ter uma atividade, através do qual elas podem produzir e oferecer alimentos e outros produtos de qualidade para o consumo de suas famílias e também para o comércio, gerando renda”, explicou.

Giani também disse que para o segundo semestre estão sendo preparadas cursos em outras áreas. “Primeiro a meta é manter e melhorar as iniciativas que já estão dando resultados e tendo a adesão da população. Depois, lógico, diversificar a oferta para capacitação da mão de obra”, comentou, sem adiantar quais deverão ser as novidades a partir de julho.