Herculândia C recebe projeto piloto de horta comunitária

Por Redação 18/07/2017 - 13:30 hs

Deve começar dentro de 45 a 50 dias a colheita da primeira safra de hortaliças do projeto piloto de horta comunitária implantado pela administração municipal de Herculândia em uma área de cerca de 800 metros quadrados, no terreno anexo ao Centro Comunitário do conjunto habitacional Herculândia C, o bairro ‘Contador Davi Jorge’.

O projeto que já tem adesão de 30 famílias é dos primeiros frutos práticos da palestra sobre agricultura orgânica, realizado no último dia 22 de junho, na Casa da Cultura, pelo engenheiro agrônomo Idoraldo Dassi Gonçalves Junior, inicialmente direcionado aos participantes da formação da Feira do Produtor Rural, realizada pelo Serviço nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

De acordo com o ex-vereador e ex-presidente da Câmara, Marcos Sanches, atual responsável pelo departamento de Agricultura da Prefeitura de Herculândia, os trabalhos no local começaram a cerca de 15 dias e pelo menos 30 famílias já aderiram a iniciativa, que já possibilitou o plantio de canteiros de alface, almeirão, beterraba, nabo, rúcula, cebolinha, salsinha e outras hortaliças. “Nós estávamos na palestra e em conversa com uma moradora do bairro aqui, a Daiane, surgiu a idéia de começar o projeto por aqui até pela área já ser cercada, o que possibilitou implantar a horta, sem muito gasto”.

Produção

Marcos Sanches explicou que a idéia é fornecer as verduras e legumes produzidos no local á população do bairro, com prioridade para quem se envolve no trabalho e, em havendo produção excedente, atender também as instituições da cidade. Ele também destacou que outro objetivo do projeto é oferecer outras atividades, especialmente a crianças e adolescentes que participam da horta comunitária. “A idéia é envolver as crianças do bairro e com apoio total do prefeito Richard,e a gente trazer outras idéias para incrementar com outras atividades aqui o projeto para elas”.

Sanches também espera, com o sucesso da iniciativa no Herculândia C, conseguir, em breve, expandir as hortas comunitárias para outros bairros e regiões da cidade. “Se Deus quiser vai dar certo, como já está acontecendo. A gente pretende levar para outros bairros também”.