DHS promove campanha de descarte de remédios vencidos e fora de uso

Por Redação 27/09/2017 - 12:59 hs

Foi pensando no alto volume de dispensação de medicamentos, no descarte correto quando não utilizados e na conscientização quanto ao armazenamento e consumo destes por conta própria, que o Departamento de Higiene e Saúde de Pompeia realizará de 2 a 6 de outubro, uma campanha com o apoio das unidades de saúde e dos Agentes Comunitários para recolhimento de medicamentos de descarte, vencidos ou que foram retirados pelos pacientes e não consumidos.

Segundo Marta Chichetti, diretora responsável pela Central de Medicamentos, o uso desenfreado e a facilidade na dispensação, são os principais fatores responsáveis pelo aumento no consumo e armazenamento nas residências. “Estamos entregando até o momento uma surpreendente quantidade de medicamentos para a população, o que mostra que devemos estra preocupados sim com este assunto”, disse.

Segundo Rogério Teixeira Barbosa “Pida”, superintendente do DHS, além dos pontos de coleta nas USFs, os medicamentos também serão recolhidos pelos agentes de saúde. “Toda a equipe estará envolvida nesta ação. Temos uma enorme preocupação quanto ao uso exagerado de medicamentos, por isso as campanhas e apelos com relação à automedicação. Outro detalhe é que são poucas as pessoas que iniciam e terminam o tratamento sugerido pelos médicos de forma correta, daí a quantidade de medicamentos intactos e na maioria das vezes vencidos, o que aumentam os riscos de serem consumidos”, disse.

“Pida” cita ainda a facilidade em apoiar a ação, além da importância de conscientizar a todos os munícipes. “Caso o morador possua medicamentos e não necessite mais, basta fazer a entrega para ao agente comunitário de saúde quando visitado, ou depositar seus medicamentos sem uso na unidade de saúde mais próxima. Eles serão recolhidos, separados e posteriormente incinerados de acordo com as normas sanitárias, evitando assim a contaminação do meio ambiente”, concluiu.