PM de Marília concorre a prêmio nacional por Bravura

O soldado Taroco, do 9º BPM-I, Marília, é um dos finalistas de um concurso nacional na categoria Bravura da Etapa Sudeste do Prêmio Heróis Reais

Por Redação 08/11/2017 - 13:23 hs

O soldado Taroco, do 9º BPM-I, Marília, é um dos finalistas de um concurso nacional na categoria Bravura da Etapa Sudeste do Prêmio Heróis Reais que é um prêmio de reconhecimento dos agentes de segurança pública do Brasil. O concurso está sendo realizado em etapas Regionais e, posterior será feita a votação em âmbito Nacional.

Taroco estará em Vitória-ES para realizar as gravações para que a população conheça a síntese de seu ato heroico e as votações regionais iniciar-se-ão às 00h01 do dia 11 novembro e irão até 23h59 do dia 30 de novembro. Já as votações nacionais serão a partir de 00h01 do dia 01 de dezembro de 2017 até 23h59 do dia 15 de dezembro de 2017, horários de Brasília.

Dentre os critérios de avaliação estão:
– Prática de ato incomum de coragem;
– audácia no cumprimento do dever ou além deste, exteriorizada em feitos úteis às operações policiais; e
– resultados alcançados e exemplo dado no cumprimento do dever.
 
𝐂𝐎𝐍𝐇𝐄Ç𝐀 𝐀 𝐇𝐈𝐒𝐓Ó𝐑𝐈𝐀 𝐃𝐄𝐒𝐒𝐄 𝐍𝐎𝐁𝐑𝐄 𝐆𝐔𝐄𝐑𝐑𝐄𝐈𝐑𝐎:
"Em 20 de abril de 2015, por volta das 02h25, na rodovia Manilho Gobbi, SP-284, no entorno da cidade de Paraguaçu Paulista, o Sd PM Renato Taroco, da 1ª Cia do 9º BPM-I, durante serviço, sofreu diversas lesões, ao socorrer os policiais militares Cb PM Aquino e Cb PM Gomes, pertencentes à 2ª Cia PM do 32º BPM-I, os quais se encontravam de serviço com viatura, que se envolveu em acidente de trânsito com um veículo Golf de cor vermelha, conduzido por um civil. Ocorre que, naquela data, o Sd PM Taroco, encontrava-se acompanhando um veículo em fuga conduzido pelo civil que acabara de praticar tentativa de homicídio no município de Echaporã/SP e fugia sentido à cidade de Paraguaçu Paulista/SP; na fuga, ao se aproximar da viatura composta pelo Cb PM Gomes e o Cb PM Aquino, que estava no sentido oposto da Rodovia, o autor, propositalmente, com intuito de suicidar-se (como já tentado anteriormente) jogou o Golf contra o veículo oficial, que seguia no apoio para auxiliar no cerco, ocasionando grave acidente, pois trafegava a uma velocidade de aproximadamente 200 km/h; com a colisão, os policiais foram arremessados para fora da viatura onde esta caiu por cima deles e, nesse momento, tanto a viatura quanto o veículo do civil começaram a pegar fogo; ao se aproximar do cenário, o Sd PM Taroco ouviu gemidos que vinham de baixo da viatura, onde localizou os dois policiais, decidindo juntamente com outros dois policias que estavam no apoio, levantar a viatura para retirá-los e prestar os primeiros socorros; foi nesse momento que, devido ao intenso esforço físico impelido na ação, o Sd PM Taroco foi acometido de diversas lesões na parte direita do corpo, abrangendo braço, coluna, cocha, panturrilha e tornozelo, numa circunstância de alto risco e gravidade, sendo que, os policiais, bem como o autor do homicídio que estava preso nas ferragens, foram retirados e socorridos, contudo, o Cb PM Gomes bem como o civil Sérgio vieram a falecer no dia seguinte. Cabe salientar que, mesmo diante da situação e do intenso sofrimento das lesões ora sofridas, o Sd PM Taroco não se absteve do seu compromisso com a defesa da vida e salvou, além dos policiais militares, o autor da tentativa de homicídio, da morte, sendo que este pedia incessantemente para que não fosse salvo, pois queria morrer e, ainda, estava sentado em cima da faca utilizada para a prática do ato criminoso."

O vencedor da categoria Bravura e Inovação será selecionado por meio de voto popular no site abaixo. Deixe você também o seu voto e compartilhe essa história.

Vamos ajudar a elegê-lo como destaque da Região Sudeste do Brasil e, ainda, Destaque Nacional, afinal, ações como essa, merecem o nosso voto.

A partir deste sábado através do link: https://goo.gl/kqUMGs ou 
http://www.heroisreais.com.br/