Idosa é espancada durante roubo na cidade de Bastos

Autores foram presos pela Polícia Militar. Idosa foi transferida para hospital em Marília com fraturas e suspeita de afundamento craniano.

11/01/2019 - 12:46 hs

Por volta das 05:30 horas desta sexta-feira dois indivíduos, um de 18 e o outro de 21 anos invadiram uma residência no Jardim Novo Bastos, onde covardemente agrediram uma idosa, com objetivo de roubar objetos da residência. Populares perceberam algo de errado no local e acionaram a Polícia Milita. 

Rapidamente o Cabo Luis Carlos e o Soldado Gomes foram até o local, sendo que o portão da casa estava trancado, sendo necessário que eles pulassem o muro. Quando se aproximaram da porta dos fundos um indivíduo com uma camiseta verde saiu do interior da casa, e ao ver os policiais pulou o muro e saiu em desabalada carreira. 

Os policiais entraram na residência onde abordaram outro indivíduo com pertences da vítima nas mãos. Este não teve como esboçar reação. Neste momento os policiais foram até o quarto, onde localizaram a vítima com vários ferimentos, muito sangue espalhado, e imediatamente acionaram uma ambulância para prestar socorro à vítima. 

O vizinho do imóvel relatou aos policias que sua motocicleta havia sido furtada, e que ele só havia percebido naquele momento. Ao questionar o infrator detido ele confessou que havia furtado a motocicleta e que fugiria com a mesma. Ele também indicou aos policias onde o comparsa morava. Os Cabos Nicolau e Ruiz foram até o local indicado e encontraram o indivíduo escondido dentro de um quarto, e no chão a roupa usada no roubo. 

A vítima de 67 anos foi transferida para cidade de Marília com fratura em dos braços, fratura na mandíbula e suspeita de afundamento craniano. Os dois autores do crime foram apresentado na Delegacia de Polícia de Bastos e a Dra. Janaína Antoniazzi ratificou a prisão em flagrante de ambos.

Segundo informações junto a Polícia Civil de Bastos, a vítima, de 67 anos está internada na UTI na cidade de Marília e corre risco de morte. Segundo apurado pela Perícia Técnica, no local dos fatos, a idoso pode ter sido agredida com um pedaço de madeira. Continuaremos acompanhado o caso. 

Fonte: Mais Tupã