Pompeia gera mais empregos no primeiro semestre

Pompéia teve um saldo positivo na geração de emprego.

Por Ricardo Martins 16/08/2019 - 14:18 hs

Dados coletados no primeiro semestre apontam que Pompéia teve um saldo positivo na geração de emprego, parte disso se deve a contratação de 930 pessoas que comparado às demissões, 801, gerou o saldo positivo de 129 novos empregos.

Segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) a função com que mais cresceu foi a de montador de máquinas, que contratou 58 pessoas e demitiu somente 14, com salário médio de R$ 1.947,29.

O cargo de montador em série de máquinas, motores e acessórios contratou 28 pessoas para esta função nos primeiros seis meses a um salário médio de R$ 546,86 e ninguém foi demitido.

O cargo que está negativado, por ter demitido mais do que contratado de janeiro a julho, é o de mecânico de manutenção de máquinas-ferramentas (usinagem de metais). O saldo é negativo em 15, já que foram demitidas 42 pessoas e contratadas apenas 27. O salário médio neste caso é de R$ 554.

O cargo com a média salarial mais alta foi o de gerente de projetos e serviços de manutenção no valor de R$ 11.388.