Os Dois jovens baleados em festa de estudantes em Pompeia recebem alta

Vítima de 23 anos foi baleada na cabeça após uma discussão na chácara onde acontecia a confraternização. Dois suspeitos foram identificados, mas não foram localizados.

Por G1 Bauru e Marília 11/11/2019 - 14:10 hs
Foto: Ilustrativa

Dois dos três jovens que foram baleados em uma festa de estudantes de uma faculdade em Pompeia na madrugada do domingo (10) receberam alta do hospital. Um deles já foi ouvido pela Polícia Civil, que investiga o caso que terminou com a morte de um jovem de 23 anos, baleado na cabeça.
Além da vítima, Luiz Felipe Madureira Pereira, outros dois jovens, um de 19 e outro de 26 anos, foram atingidos pelos tiros. O jovem de 19 anos, Paulo Afonso da Silva Serrano, foi atingido no abdômen e de raspão na cabeça. Ele recebeu atendimento no Hospital das Clínicas de Marília e já recebeu alta.

Giuseppe Louis Cavalieri Colussi foi atingido na perna, recebeu atendimento na Santa Casa de Pompeia e também foi liberado.

O corpo de Luiz Felipe foi enterrado na manhã desta segunda-feira (11) no Cemitério Municipal de Pompeia.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Claudio Anunciato Filho, dois suspeitos do crime foram identificados e a polícia deve pedir a prisão preventiva deles, no entanto, eles não foram localizados.

“O que sabemos é que esses dois suspeitos, que são moradores de Marília, estavam fazendo a entrega de bebidas na festa, que já estaria quase no fim, com poucas pessoas. Foi quando houve um desentendimento entre os dois e os jovens, o Luiz Felipe e o Paulo Afonso. Porém, as motivações ainda não estão muito claras, não sabemos se teve alguma motivação prévia ou foi um desentendimento causado no momento.”

Ainda de acordo com o delegado, o outro sobrevivente deve ser ouvido ainda nesta tarde. A arma utilizada no crime também foi localizada.