DHS de Pompeia lança nova força-tarefa contra a dengue

Agentes de Saúde visitarão os domicílios da cidade diariamente, a partir desta segunda (18), após o expediente, das 17h às 19h, e aos sábados, das 8h às 11h, até o dia 20 de dezembro

Por Divulgação/DHS 16/11/2019 - 11:28 hs

A Vigilância Sanitária e Epidemiológica do DHS de Pompeia se reuniu com Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias na tarde da última quinta-feira (07), no prédio da UNIVESP, para discutir estratégias de ação contra o mosquito da dengue. Um novo mutirão terá início na próxima segunda-feira (18).

Mais de 50 agentes da Saúde municipal realizarão visitas domiciliares diárias, até o dia 20 de dezembro, de segunda a sexta-feira das 17h às 19h e aos sábados, das 8h às 11h, excetos feriados. Todos os agentes de Saúde estarão uniformizados e identificados. Os agentes realizarão visitas nos bairros atendidos pelas suas respectivas Unidades de Saúde da Família e contam com a colaboração da população para que o trabalho possa ser bem sucedido. Agentes de todas as USFs se unirão para contemplar a vila de Paulópolis.

Segundo a organizadora do plano de contingência para enfrentamento da Dengue, Zica e Chikungunya, a atuação da Saúde municipal será intensa para que Pompeia siga com números positivos, livre de epidemias. “Este plano de contingência é como se fosse um plano de guerra, estamos nos preparando para um trabalho intenso visando evitar o pior cenário que é o de epidemia. Sabemos que o risco é nacional, que cidades vizinhas tiveram epidemias nesse ano, então estamos preparados e agindo preventivamente. Adquirimos insumos e todo material para a ação. Vamos vencer essa batalha mais uma vez”, comentou Luciana Martessi.

Em 2019, o DHS reduziu em mais de 80% o número de casos de dengue na comparação com o último surto de 2015. Foram confirmados 149 casos na cidade neste ano, sem nenhum registro de óbito, enquanto em 2015 foram 773 casos. De acordo com a autarquia, campanhas de prevenção e o apoio da população são primordiais para os bons resultados no combate à doença.

“A partir desta segunda-feira, nossos agentes Comunitários e agentes de Endemias estarão após o expediente realizando um mutirão por toda a cidade, bairro a bairro, casa a casa. Eles baterão a sua porta e é extremamente importante que toda a população colabore, deixando os nossos agentes verificarem se existem focos de proliferação de mosquitos da dengue, tanto dentro das residências quanto nos quintais e varandas. Nossos agentes, devidamente uniformizados e identificados, são preparados e sabem o que fazer caso encontrem focos de proliferação de mosquitos”, comentou o Superintendente do DHS, Rogério Teixeira Barbosa, o Pida.

Vale ressaltar que os Agentes de Saúde não irão recolher entulhos. O trabalho será feito de forma minuciosa com foco total na identificação de larvas. O engajamento e a colaboração de todos é primordial para uma cidade livre de criadouros.