Santa Casa de Pompeia mantém estudos de retomada de cirurgias

Por Eficaz Comunicação Empresarial 17/12/2019 - 11:14 hs

A diretoria da Santa Casa de Pompeia vem estudando com representantes da Divisão de Higiene e Saúde (DHS) de Pompeia, a retomada de cirurgias de média complexidades a partir de 2020. Entendimentos neste sentido estão adiantadas, segundo o provedor do hospital pompeiano, Edson Jorge Basílio, que está bastante esperançoso de iniciar o mais breve possível este atendimento hospitalar na cidade. “Estamos trabalhando para deixar o hospital em condições de oferecer o serviço nas melhores condições possíveis”, falou animado o dirigente hospitalar que vem promovendo reformas estruturais e administrativas no maior complexo hospitalar da cidade. “Existem várias obras internas para que possamos atender a cidade de Pompeia e região, além de investimento em equipamentos necessários para a retomada das cirurgias”, disse o dirigente.

Nas conversas com representantes da DHS de Pompeia estão sendo medidas as prioridades dos atendimentos, neste primeiro momento. “Vamos iniciar com os serviços de maior necessidade para normalizarmos o atendimento atual”, falou Edson Jorge Basílio que espera regularizar o serviço de saúde local evitando o deslocamento dos pacientes para cidades vizinhas, principalmente para Marília, desafogando, inclusive, o atendimento no Hospital das Clínicas, principalmente, ou para outros hospitais marilienses. “Esse é o nosso principal objetivo, afinal, se for possível atender em Pompeia, além do nosso pessoal não ter que se deslocar para lá será atendido mais rápido e mais confortável”, acredita o provedor pompeiano que não vem medindo esforços para que isso aconteça o mais rápido possível. “Não é algo fácil ou simples, mas estamos trabalhando neste sentido, numa parceria com o Poder Público Municipal e Estadual”, falou ao se reunir constantemente com dirigentes de ambas as repartições para equacionar as condições favorá

veis para ambos os lados. “A maior beneficiada será a população de Pompeia”, defende.

Outro tema colocado em pauta constantemente é o “Programa do Leito Retaguarda” que está em vias de ser viabilizado numa parceria com o Hospital das Clínicas de Marília. De acordo com Edson Jorge Basílio esta proposta surgiu como uma nova opção de atendimento pós-hospitalar, que visa dar continuidade ao tratamento iniciado no Hospital das Clínicas, por exemplo, e ser continuado na Santa Casa de Pompeia, melhorando o atendimento ao paciente que fica submetido em uma internação hospitalar prolongada, desafogando o número de leitos no Hospital das Clínicas. “Esses pacientes seriam transferidos para Pompeia, e atendidos por nós de maneira mais tranquila e personalizados”, comentou o dirigente pompeiano que vem conversando neste sentido com dirigentes do Hospital das Clínicas e do Governo do Estado de São Paulo.

GERENTE ADMINISTRATIVA – A Santa Casa de Pompeia passa a contar com uma profissional na área de gerenciamento hospitalar. Andreia Lopes Pereira, especializada em gestão pública de saúde, responderá como gerente do hospital de Pompeia, reforçando o trabalho administrativo dentro do processo de reformulação em que a instituição de saúde vem passando. “Uma profissional muito competente, dedicada e que muito nos ajudará nesse processo de transformação que estamos vivendo em Pompeia, em fazer da nossa Santa Casa num grande centro hospitalar na cidade e região”, disse o provedor Edson Jorge Basílio animado com os futuros projetos para os próximos meses.