Governo Municipal conquista ambulância do SAMU para Pompeia

Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência funcionará 24 horas, sete dias por semana e o serviço é gratuito. SAMU de Pompeia contará com uma equipe que já está em treinamento avançado, formada por técnicos de enfermagem e condutores, além de um enfermeiro responsável técnico

15/01/2020 - 16:50 hs

Uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) irá começar a funcionar em Pompeia. A gestão da prefeita Tina Januário já adquiriu a ambulância especial que será direcionada por uma equipe médica, tripulada por um condutor-socorrista e por um técnico em enfermagem e que em breve passará a realizar socorro médico em casos de urgência e emergência na cidade. O SAMU é um serviço gratuito ao cidadão, que funciona 24 horas, sete dias por semana, disponível pelo telefone 192.

“É uma grande conquista para a nossa cidade, algo que nos deixa muito felizes. Uma base do SAMU colocada inteiramente à disposição da população, 24h por dia, não é para qualquer município. E nós já temos uma frota renovada, com 3 novas ambulâncias e uma UTI móvel, agora estamos recebendo essa viatura do SAMU, a mais equipada de Pompeia, avançando ainda mais, o que é ótimo para a população”, comemorou a prefeita municipal Tina Januário, lembrando que Pompeia supera em muito o que é preconizado pelo Ministério da Saúde, que determina uma ambulância básica para cada 100 mil habitantes.

O atendimento do SAMU começa a partir do chamado telefônico, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações. A ligação é gratuita. Os técnicos identificam a emergência e coletam as primeiras informações sobre as vítimas e sua localização. Em seguida, as chamadas são remetidas ao médico regulador, que presta orientações de socorro às vítimas e aciona o tipo de viatura necessária.

Rogério Teixeira Barbosa “Pida”, superintendente do DHS, estima que os serviços estejam disponíveis e regularizados até março deste ano. “Estamos trabalhando para que a ambulância e toda sua equipe esteja em operação na cidade nos próximos meses. Vale ressaltar que nosso Município passará a contar com uma Unidade de Suporte Básico, que através do 192, será acionada e direcionada por uma equipe médica”, explica.

O veículo é aparelhado com equipamentos de imobilizações para vítimas de trauma (pranchas e colares cervicais), oximetria de pulso, desfibrilador, cilindros de oxigênio, cadeira de rodas, extintores de incêndio, entre outros. A base de Pompeia contará com uma equipe que já está em treinamento avançado, formada por técnicos de enfermagem e condutores, além de um enfermeiro responsável técnico.

Assim como a viatura do SAMU, a atual administração conquistou outras 3 novas ambulâncias, que continuarão em funcionamento no Município, sendo uma destas, equipada e destinada especialmente para atendimentos na zona rural e na vila de Paulópolis, além da UTI móvel.

 Saiba quando chamar o Samu

– Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios;
– Intoxicação exógena e envenenamento;
– Queimaduras graves;
– Na ocorrência de maus-tratos;
– Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
–  Em tentativas de suicídio;
–  Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
–  Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
–  Afogamentos;
–  Choque elétrico;
– Acidentes com produtos perigosos;
–  Suspeita de infarto ou AVC (alteração súbita na fala e perda de força em um lado do corpo são  sintomas comuns);
–  Agressão por arma de fogo ou arma branca;
–  Soterramento ou desabamento;
–  Crises convulsivas;
–  Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
–  Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

Outros atendimentos e transporte de pacientes

Os profissionais que recebem os chamados solicitam as principais informações sobre o paciente e a ocorrência para definir as prioridades de atendimentos, de acordo com a gravidade, e o melhor tipo de ambulância.

Para agendar transporte de pacientes, o munícipe pode optar pelo agendamento presencial, na Rua João da Costa Vieira, 470, entre os prédios da Vigilância Sanitária e da USF Luiz Padilha de Oliveira, ou através dos telefones 3452 1430, ou 9 9621 2557.