Chuva abre cratera na pista e 'engole' carro e caminhão em Júlio Mesquita; uma pessoa morreu

Caso foi registrado na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333). Pistas estão completamente interditadas no quilômetro 308.

11/02/2020 - 09:34 hs

A chuva que atingiu a região de Marília (SP) na madrugada desta terça-feira (11) abriu uma cratera na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333) e um caminhão e um carro foram "engolidos" pelo buraco, em Júlio Mesquita (SP). Uma pessoa morreu.

Segundo a Polícia Rodoviária, o caminhão parou próximo do local onde a cratera se abriu, no quilômetro 308, e também cedeu. O motorista conseguiu sair do veículo e não sofreu lesões, segundo a polícia.

Na manhã desta terça, quando a água abaixou, a polícia e o Corpo de Bombeiros perceberam que um carro também caiu no buraco e que havia uma pessoa morta. A rodovia foi interditada em ambos os sentidos.

A concessionária que administra a rodovia confirmou a morte do funcionário, que estava trabalhando e que um carro da empresa caiu na cratera. Ainda conforme a empresa, um duto de água que passa sob a rodovia cedeu e causou o desabamento da pavimentação.

Um dia antes, um acidente parecido foi registrado na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu (SP). Um caminhão caiu no buraco aberto na pista, que continua interditada nos dois sentidos no quilômetro 258. O motorista foi encontrado morto a cerca de 1,3 quilômetro do lugar onde caiu.
Rota alternativa
Segundo a concessionária, para quem trafega sentido Marília - Júlio Mesquita, deve desviar pela Rodovia Transbrasiliana (BR-153), acessando a Rodovia Marechal Rondon (SP-300) no quilômetro 447, em Lins.

Já para quem segue de Júlio Mesquita para Marília deve acessar a Rodovia da Comunidade (SP-349), seguindo sentido Álvaro de Carvalho - Garça e acessando a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294).

O local está sinalizado por uma equipe da concessionária, que permanecerá 24 horas, orientando e desviando o trânsito, conforme a necessidade.

A vicinal Guaimbê-Júlio Mesquita não está sendo utilizada como desvio, pois também está interditada por erosão.