Posto de combustível em Quintana é lacrado por suspeita de falsificação de produtos

A Polícia Civil de Quintana realizou na data de ontem 12/02 a Operação “Olhos de Lince”

13/02/2020 - 11:41 hs
Foto: Ilustrativa

Após várias denúncias feitas por clientes de que um posto de combustível localizado às margens da Rodovia SP-294, no município de Quintana, estaria vendendo combustível adulterado foi realizada uma operação junto com a Secretária da Fazenda e IPEM, com apoio da Polícia Técnico Cientifica de Tupã.

Foram colhidas amostras dos combustíveis Etanol, Gasolina e Diesel e encaminhados para análise na Unicamp e realizados também testes rápidos “não oficiais”, que apontaram preliminarmente o Etanol e a Gasolina adulterados.

Quatro bombas foram lacradas, tendo em vista que uma delas não apresentava o lacre oficial e outras três estavam fornecendo quantidade de combustível abaixo do registrado nas bombas de combustível.

No local não foi possível localizar o proprietário, apenas um indivíduo, morador da cidade de Marília que identificou-se como gerente, mas não soube informar o nome do proprietário, além de que no estabelecimento não havia notas fiscais, nem registro dos funcionários, os quais estavam trabalhando se forma irregular.

A Polícia Civil acredita que o posto é parte de uma quadrilha que vem atuando em diversas cidades do interior com compra de combustível ilícito “roubado ou furtado”, e que tenha relação com o posto fechado em Marília recentemente, após operação policial que constatou irregularidades.

A Secretaria da Fazenda aguarda os laudos oficiaias para as providências cabíveis, como multa, suspensão e a até a perda definitiva da licença para atuar como posto de combustível, uma vez que a lei prevê que se no local for provado a adulteração, não poderá mais comercializar combustível.