Morre idosa que teve 90% do corpo queimado após acidente com álcool em Lins

Mulher de 63 anos tentava queimar roupas velhas no quintal de casa. Ela foi levada para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

02/02/2021 - 11:56 hs

A mulher de 63 anos que sofreu queimaduras graves após um acidente com álcool não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta segunda-feira (1º) na Santa Casa de Lins (SP).

O acidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (1º) na Vila Santa Terezinha. Segundo o boletim de ocorrência, a filha da vítima, que mora na casa ao lado, na Rua Frei Henrique de Coimbra, ouviu um estrondo na residência da mãe e correu com o marido para ver o que aconteceu.

Ainda de acordo com o BO, no local, a filha encontrou a mãe com fogo em todo corpo, nas roupas e nos cabelos. Ela e o marido conseguiram apagar as chamas jogando um cobertor por cima da idosa. O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou a vítima em estado grave para a Santa Casa.

Ao G1, Rosana Márcia Borges Ribeiro, filha da vítima, contou que a mãe havia feito uma faxina na casa e estava no quintal tentando queimar roupas velhas. Como as roupas estariam úmidas e não queimavam por completo, a idosa teria tentando jogar álcool, momento em que houve a explosão e as chamas a atingiram.

Antônia Maria Borges Ribeiro foi internada na UTI da Santa Casa e teve 90% do corpo queimado, segundo a unidade. A paciente morreu por volta das 22h desta segunda-feira (1º) e vai ser enterrada na tarde desta terça-feira (2) em Lins. A Polícia Civil solicitou exame necroscópico no corpo da vítima.