Seja bem vindo
Pompéia,03/07/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Toyota anuncia paralisação de produção em fábrica de Indaiatuba por falta de insumo e prevê férias coletivas para 1 mil

Montadora diz que componente em falta é 'atuador de freio', com origem na Malásia. Pausa será entre os dias 13 e 22 de outubro, e assessoria garante que colaboradores não serão demitidos.


Toyota anuncia paralisação de produção em fábrica de Indaiatuba por falta de insumo e prevê férias coletivas para 1 mil





A Toyota do Brasil confirmou na tarde desta segunda-feira (13) que terá uma paralisação temporária na fábrica de Indaiatuba (SP), onde há produção do modelo Corolla sedã. Segundo a montadora, a pausa ocorre entre os dias 13 e 22 de outubro, em virtude da falta de um insumo, e a medida resultará na concessão de férias coletivas para 1 mil dos 1,5 mil trabalhadores na planta inaugurada em 1998.

Em nota, a Toyota do Brasil destaca que não haverá demissões de colaboradores. "Apesar de todos os esforços que temos realizado ao longo do tempo para gerenciar a falta de insumos que afeta a cadeia de suprimentos global, provocada pela pandemia de Covid-19, uma nova parada é inevitável", diz trecho da nota. O texto menciona, ainda, que a volta dos funcionários está programada para 25 de outubro.

Ao G1, a assessoria da montadora destacou que o componente em falta é um "atuador de freio". A planta de Indaiatuba tem capacidade para produzir 74 mil unidades do Corolla sedã por ano.

"A suspensão se deve à interrupção do fornecimento de insumos por um fornecedor da Malásia por conta do fechamento de fronteiras desse local pelo agravamento da pandemia de Covid-19 naquele país", destaca a assessoria.

Ainda de acordo com a Toytora do Brasil, as demais unidades instaladas no Brasil, em São Bernardo do Campo (SP), Porto Feliz (SP) e Sorocaba (SP), permanecem com as atividades normais no período.







COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login