Mães pompeianas recebem os kits do programa Cesta de Bebês

Evento marcou a última entrega do programa no ano. Mães também receberam artigos em crochê, confeccionados pela equipe da Árvore da Cidadania e o livro “O Pediatra instruindo a Família”

24/11/2021 - 09:06 hs

A Prefeitura de Pompeia, através da Secretaria de Assistência Social, realizou na tarde desta segunda-feira (22) a última entrega do ano do programa Cesta de Bebês para 28 mães pompeianas no Instituto de Desenvolvimento Familiar “Chieko Nishimura”. 

O evento contou com a participação de Lucas Baldacini e Adriana Borrasca, gestor e diretora da Assistência Social; dos vereadores Cláudia Bento e Jorginho Chicarelli; do superintendente do DHS, Adalberto Bento, da presidente do Fundo Social, Marlene França; do presidente do Conselho de Administração da Jacto, Sr. Ricardo Seiji Bernardes Nishimura, sua esposa Alexandra Nishimura; o representante do Instituto de Desenvolvimento Familiar (IDF) foi o gestor Paulo Henrique Barbosa; a Organização da Sociedade Civil “Árvore da Cidadania” foi representada pelo coordenador de projetos sociais, Eduardo Almeida e voluntárias. A prefeita Tina, que cumpre agenda na Assembleia Legislativa de São Paulo, não pôde estar presente, mas enviou uma mensagem de voz para os participantes.

Com um enxoval completo de excelente qualidade, composto por macacões de manga longa, macacões de manga curta, cobertor antialérgico, trocador, calça mijão, toalha de banho com capuz, bolsas, jogo de lençol, travesseiro, meias e fraldas, as cestas são entregues para todas as gestantes cadastradas nas Unidades de Saúde com pré-natal realizado pelo SUS. 

Além do kit, as mães receberam artigos em crochê, confeccionados pela equipe da Árvore da Cidadania, como o polvo que ajuda os bebês recém-nascidos a se sentirem mais seguros e confortáveis, além do livro “O Pediatra instruindo a Família”, do Professor Dr. Francisco de Agostinho Júnior. 

“Não me recordava como era sentir isso de ver mulheres grávidas, esperando os filhos, os papais aqui presentes e é uma sensação maravilhosa. É muito bonito esse projeto. Fiquei pensando o que ele significava e descobri que surgiu em 1993 com uma finalidade que eu tinha pensado: ‘nossa, o município está abraçando uma nova geração que vem por aí, um novo cidadão, ele nem nasceu ainda, mas o município está abraçando a chegada dele’. Eu não sei quantos municípios fazem isso, mas a gente precisa dar graças a Deus por poder viver em uma cidade que não está olhando só o agora, mas as futuras gerações. Queria parabenizar a prefeita Tina, parabenizar você, Lucas, todo o time do DHS, o time da Prefeitura, que tem feito um trabalho muito bom. E no fim a gente está falando da coisa mais preciosa da nossa vida, que são os filhos. Se a gente ensinar coisas boas, teremos filhos que vão colher coisas boas. Esses dias escutei uma pessoa falando assim: não é o mundo que você vai deixar para os seus filhos, mas os filhos que você vai deixar para o mundo. Se esperamos que o mundo seja melhor, precisamos deixar filhos melhores. E aqui está a oportunidade de começar educando os filhos, começar a pensar que não é só gerar, mas que ele cresça e seja uma criança responsável, que contribua no local onde estiver”, disse Ricardo Nishimura, presidente do Conselho de Administração do Grupo Jacto.