Seja bem vindo
Pompéia,05/07/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Polícia Civil prende avô que estuprava a própria neta em Marília


Polícia Civil prende avô que estuprava a própria neta em Marília






Um homem de 62 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (18) por uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Marília, na zona Oeste da cidade, após ser indiciado por violência sexual contra uma criança. A vítima é a própria neta, de seis anos. Ela ficava com o idoso à noite, para a mãe estudar.

Agentes da Polícia Civil, após investigação desencadeada no início do mês, cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. O caso foi denunciado pela mãe da vítima, filha do agressor.

Segundo a denúncia, a mulher trabalha como cuidadora em parte do dia, período em que a criança tem uma babá.

À noite, a mãe cursa enfermagem em uma faculdade de Marília. Com a volta das aulas presenciais, pediu ao idoso que cuidasse da menina enquanto estivesse ausente.

No dia 7 deste mês a criança teria relatado à babá que a “cuca a machucou”. A mulher conversou com a menina e descobriu que ela se referia ao seu próprio avô.

Quando soube do caso, a mãe da menina fez a denúncia. Exame pericial constatou conjunção carnal ou prática de ato libidinoso recente. Com as provas testemunhais e o laudo, a polícia representou pela prisão. O homem já foi ouvido e negou o crime. O caso foi encaminhado para a Justiça.

De forma preventiva – tempo indeterminado, até decisão judicial – ele segue recolhido na Penitenciária de Iaras, com outros acusados de crimes sexuais, que correriam riscos em outras unidades do Estado.





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login