Seja bem vindo
Pompéia,05/07/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Mãe morre e filha fica ferida ao baterem de moto contra carro de médico dos bombeiros em Ribeirão Preto, SP

Acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira (13), na Avenida Meira Júnior, nos Campos Elíseos. Adolescente que estava na garupa da mãe foi levada a hospital particular.


Mãe morre e filha fica ferida ao baterem de moto contra carro de médico dos bombeiros em Ribeirão Preto, SP





Uma mulher de 34 anos morreu na manhã desta quarta-feira (13) após bater de moto contra um carro na Avenida Meira Júnior, nos Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto (SP). A filha dela, que estava na garupa, foi socorrida.

Mãe e filha seguiam de moto pela avenida quando atingiram a lateral direita de um carro que estava pela Rua Patrocínio. O motorista, médico do Grupo de Resgate (Grau) do Corpo de Bombeiros, não se feriu e prestou socorro às vítimas.

“Eu estava parado no semáforo, estava saindo do Corpo de Bombeiros para entrar no Samu. O semáforo abriu e assim que eu adentrei, completando a travesseia da avenida, a motocicleta surgiu e colidiu com a minha lateral direita”, disse Leandro Mota.

Acidente
Segundo o médico, a motorista estava em alta velocidade e ambos não conseguiram frear a tempo. Ele prestou atendimento e acionou os serviços de socorro.

Imagens de uma câmera de segurança próximo ao cruzamento mostram que a motociclista ultrapassou o sinal vermelho.

A mulher, Valdene Sousa Silva, chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas sofreu uma parada cardíaca e morreu. Ainda de acordo com Mota, foram feitos de 40 a 50 minutos de reanimação na mãe, mas sem sucesso.

A filha dela, Maria Eduarda Sousa Silva, de 13 anos, foi imobilizada e conduzida pelo Samu até um hospital particular.

“A gente nunca está envolvido nisso, sempre estamos fazendo o atendimento. Então você fazer parte de uma fatalidade, é muito ruim. A orientação é que sempre se preste atendimento, fazendo com que a vítima permaneça no local e não tente se movimentar, porque pode ter alguma lesão na coluna e isso pode agravar mais [...] e também acionar o serviço de socorro”, disse Mota.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar também estiveram no local.





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login