Rapaz condenado a 30 anos pela morte do filho do deputado Camarinha é capturado pela Força Tática em Marília

Ele estava foragido após a

23/01/2018 - 13:47 hs
Foto: Divulgação
Condenado há mais de 30 anos por latrocínio, pelo assassinado de Rafael Camarinha, Renan dos Santos, de 30 anos, estava foragido e na noite de segunda-feira (22) no bairro Argollo Ferrão, em Marília foi capturado graças aos policiais da Força Tática da Polícia Militar.

Renan dos Santos estava foragido desde o dia 3 de janeiro, quando não voltou da “saidinha de fim de ano” para unidade prisional em Valparaíso (distante 199 quilômetros de Marília). Ele teria tentado fugir, mas quando percebeu que estava cercado por várias viaturas acabou se rendendo.
 
Entenda o caso
Filho do deputado estadual Abelardo Camarinha e irmão do ex-prefeito Vinícius Camarinha, Rafael, então com 23 anos, foi morto em 2006 quando um trio mascarado o matou com um tiro na cabeça.

Apontado pela polícia como um dos mandantes do atentado que destruiu as instalações do jornal “Diário de Marília” e das Rádios Dirceu AM e Diário FM, cursava publicidade e propaganda na Unimar (Universidade de Marília) quando foi morto.